Prazo Imposto de Renda 2020 – Data limite do envio da declaração

É necessário ficar atento ao prazo imposto de renda 2020, pois se o contribuinte não fizer sua declaração a tempo, terá que arcar com algumas consequências financeira como por exemplo multa de até 1% do imposto devido por mês. O valor mínimo é de R$ 165,74 e o máximo é de 20% do imposto devido.

Os que entregam a declaração de imposto de renda 2020 dentro dos prazos estabelecidos têm chances de receber a restituição IRPF logo nos primeiros lotes, e isso costuma acontecer logo no início do segundo semestre seguindo com os pagamentos até dezembro. Os que costumam receber primeiro são os idosos, pessoas com deficiência e pessoas com doenças graves.

Se você quer entender melhor sobre o prazo do imposto de renda basta continuar acompanhando nosso artigo. Aqui, você saberá informações importantes como cronogramas, quem deve fazer a declaração, entre outras. Confira agora!

Prazo imposto de renda 2020

Se o prazo do imposto de renda seguir o mesmo cronograma dos anos anteriores, a data limite para entregar a declaração de renda será às 23h59 minutos do último dia do mês de abril.

A dica é que mesmo os que tenham perdido o prazo imposto de renda 2020 ou não tenham conseguido declarar todos os valores, realizem uma declaração incompleta, apenas para não perderem o prazo e acabarem recebendo multas. Posteriormente, essa declaração incompleta pode ser editada e corrigida.

O ideal é que você acerte todas as contas o quanto antes para evitar multas, entre outras dores de cabeça, mas caso aconteça o atraso, assim que a declaração for enviada, o contribuinte receberá a “Notificação de lançamento da multa”, com o prazo para quitar a taxa.

Dúvidas frequentes respondidas:

Multa por atraso

O pagamento da multa por atraso do envio da declaração deve ser feito em até 30 dias após a emissão. Depois do prazo estabelecido, passam a incidir juros de mora sobre o valor, com base na taxa Selic.

Para emitir o Documento de Arrecadações de Receitas Federais (DARF), siga os passos abaixo:

Prazo imposto de renda 2020
  • Acesse http://receita.economia.gov.br/interface/cidadao/irpf/2018/declaracao/multa-por-atraso-na-entrega
  • Siga as instruções da página
  • Preencha os dados solicitados
  • Feito o processo, clique em Imprimir

Prazo da restituição

As restituições costumam ser realizadas conforme a ordem de declaração do imposto de renda e a prioridade de recebimento, que, como mencionado anteriormente, acontece para idosos, e portadores de doenças e necessidades especiais.

O pagamento da restituição imposto de renda 2020 deve ser igual ao do ano anterior e por isso será realizado em sete lotes, sendo o primeiro em junho e último em dezembro. Em breve, o  cronograma oficial será divulgado no Diário Oficial da União.

Confira como ficou no ano anterior e como deve ser em 2020:

  • 1º lote: 16 de junho;
  • 2º lote: 17 de julho;
  • 3º lote: 15 de agosto;
  • 4º lote: 15 de setembro;
  • 5º lote: 16 de outubro;
  • 6º lote: 16 de novembro;
  • 7º lote: 15 de dezembro.

Obrigatoriedade do imposto de renda

A Receita Federal espera receber mais de 30 milhões de declarações do Imposto de Renda 2020, ano-base 2019. Como já foi dito acima, o contribuinte que não entregar a declaração dentro do prazo, vai ter que arcar com alguns prejuízos financeiros.

A multa para o contribuinte que não fizer a declaração será de, no mínimo, R$ 165,74, ou de até 20% do imposto devido.

Prazo imposto de renda 2020

Veja as situações em que é preciso entregar a declaração:

  • Pessoas que receberam rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste da declaração, cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70, no ano anterior;
  • Pessoas que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00;
  • Pessoas que obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou que realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Pessoas que optaram pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja destinado à aplicação na aquisição de imóveis residenciais localizados no Brasil, no prazo de 180 dias contados da celebração do contrato de venda, nos termos do art. 39 da Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005;
  • Pessoas que obtêm a posse ou propriedades, até 31 de dezembro, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00;

A declaração de imposto de renda é obrigatória também para estrangeiros que passaram a residir no Brasil e se encaixam nesses casos citados acima.

Esperamos que as informações acima referentes ao prazo imposto de renda 2020 tenham sido muito úteis. Mas caso ainda tenha ficado alguma dúvida, por favor, deixe uma mensagem para que possamos responder o mais breve possível.

Deixe um comentário