Consulta Imposto de Renda 2020 – Valor e data de pagamento dos lotes

Os cidadãos brasileiros precisam todos os anos estar atentos aos prazos para declaração IRPF, além também da necessidade da consulta imposto de renda 2020. O tributo torna-se uma dívida todas as vezes que você recebe um dinheiro, ou seja, quando há renda.

Mesmo que existam diversas formas de rendimento isentas de impostos, boa parte das pessoas precisam realizar o pagamento desses impostos. Caso uma pessoa pague imposto a mais do que deve, ela tem o direito de ter a restituição desse imposto através da declaração IRPF 2020.

Quer saber como realizar a sua consulta do imposto de renda? A seguir mostraremos quem tem direito a restituição, lotes de pagamento e o principal: como realizar a consulta. Confira!

Para que serve a consulta

A consulta do imposto de renda serve para que o declarante saiba quando receberá sua restituição e se os seus dados foram enviados corretamente.

O site da Receita Federal, quando acessado, disponibiliza um relatório para que o cidadão declarante tenha conhecimento do andamento de sua restituição de acordo com o pagamento dos lotes.

Consulta Imposto de Renda 2020

O resultado da consulta poderá estar disponível em 4 situações diferentes, sendo elas:

01. O cidadão tem direito à restituição do imposto de renda, mas ela ainda não foi creditada

Caso isso venha a acontecer, o declarante receberá um aviso na página de que a Receita Federal está aguardando a liberação de recursos para que a restituição ocorra. Esses pagamentos costumam ser realizados de acordo com o cronograma dos lotes e portanto dependem da liberação dos recursos financeiros do Tesouro Nacional.

Caso o cronograma de restituição esteja disponível no site da receita, você receberá um aviso com a data em que a sua restituição será liberada. Mesmo que sua declaração esteja na fila para recebimento da restituição, ela poderá acabar retornando para a fila de processamento para uma nova análise.

02. O declarante tem direito a restituição do imposto de renda e ela já foi creditada

Caso o cidadão declarante já tenha recebido a restituição imposto de renda, o relatório será um aviso informando que a liberação foi realizada e a situação da restituição fica como creditada no site da Receita Federal imposto de renda.

Caso a restituição do declarante ainda não tenha sido creditada, basta entrar em contato com o banco indicado no relatório para receber o pagamento corretamente.

03. O declarante não tem direito à restituição e nem ao pagamento do imposto complementar

Caso a declaração não tenha indicada a restituição, nem o pagamento do imposto, o relatório apresentado pelo site informará que a declaração já foi processada e que o resultado é um saldo inexistente de imposto à pagar e a restituir.

04. O declarante deve pagar o imposto complementar

Ao calcular imposto de renda, caso o sistema tenha indicado que o imposto complementar deverá ser pago, o site do IRPF informará que a declaração foi processada, e que o imposto deverá ser pago sem a opção de débito automático.

Dúvidas frequentes respondidas:

Consulta Imposto de Renda 2020

Para realizar a consulta restituição Imposto de Renda basta acessar o site da Receita Federal. Feito isso, para consultar os lotes corretamente, é essencial preencher os dados pessoais na página que foi aberta.

Consulta Imposto de Renda 2020

Abaixo um passo a passo do que você deverá fazer:

  • Entrar no site da Receita http://servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/consrest/Atual.app/paginas/mobile/restituicaoMobi.asp;
  • Informar CPF;
  • Ano em que a declaração de imposto de renda foi realizada;
  • A sua data de nascimento;
  • O código informado na imagem.
  • Clicar em Avançar.

Caso os dados que foram digitados nos campos pessoais estiverem corretos, uma tela com um relatório indicando o status da restituição junto com o valor e data de pagamento.

Lotes da Restituição

Os pagamentos das restituições são liberados por meio de lotes. O Ministério da Fazenda realiza o pagamento da restituição imposto de renda diretamente na conta corrente cadastrada no ato do envio da declaração.

Todos os anos são definidos sete lotes para organizar o pagamento, onde receberão na primeira remessa os cidadão prioritários, que são: idosos ou pessoas com deficiência ou doença grave. Em seguida, a ordem de pagamento a partir do segundo lote fica a partir da data de envio da declaração, ou seja, quem enviou a declaração mais cedo irá receber a restituição antes.

O cronograma, para 2019, ficou definido da seguinte forma:

  • 1º lote: 17/06
  • 2º lote: 15/07
  • 3º lote: 15/08
  • 4º lote: 16/09
  • 5º lote: 15/10
  • 6º lote: 18/11
  • 7º lote: 16/12

Lembrando sempre que, o valor a ser pago é corrigido mensalmente por meio da taxa básica de juros, a famosa Selic.

O que acontece com quem não pagar o Imposto de Renda?

Como sabemos, pagar os impostos estabelecidos pelo Governo Federal é uma obrigação de todo o cidadão brasileiro, e com o imposto de renda não poderia ser diferente, até porque podemos considerá-lo como um dos mais importantes entre os demais. Mas o que acontece com que não paga o tributo?

A primeira coisa que é preciso entender é que existe um prazo para poder entregar a declaração anual de ganhos exigida pela Receita Federal, e quem ultrapassa este prazo pagará o seu imposto com juros. A taxa de atraso é de 1% a cada mês, sendo que o cidadão não pode exceder 20% do valor total devido.

Esta multa começa a ser contada a partir do primeiro dia após o prazo de entrega da declaração do imposto de renda estabelecido. E no caso do não pagamento destes juros, com os devidos acréscimos legais, se a sua declaração tiver direito à restituição, o valor será deduzido a partir da mesma.

O melhor a se fazer, caso se encontre em situação de atraso, é enviar o mais rápido possível a sua declaração. Caso o sistema informe que está em situação de atraso, o contribuinte poderá quitar a taxa através da “Notificação de lançamento da Multa. Mas vale lembrar que este pagamento precisa ser feito em até 30 dias úteis após a entrega.

Espero que tenha tirado todas as suas dúvidas sobre como realizar a consulta imposto de Renda 2020. Caso tenha algum comentário a fazer ou dúvidas sobre o assunto, deixe o seu comentário para que possamos te responder!

Deixe um comentário